quarta-feira, 14 de outubro de 2009

A Espiritualidade de 2 Cor



De diversas maneiras a ESPIRITUALIDADE aparece em 2 Cor.
De modo especial no relacionamento entre Paulo e a Trindade, no relacionamento de Paulo com os Coríntios e com seus adversários, no relacionamento entre Corinto e as demais comunidades por meio da Coleta.
Todos estes elementos podem ser conhecidos pelos itens precedentes.
Alguns pontos em detalhe se seguem, sem esgotar a questão.
2 Cor 6,6-10 poderia ser considerada uma enumeração de qualidades e virtudes que um apóstolo deve ter, como Paulo as vivenciou.
Quanto aos fenômenos místicos extraordinários de S. Paulo, descritos em 2 Cor 12,1-10, há muitas discussões entre os exegetas.
Não se sabe o que pretende dizer com o espinhoo na carne de 2 Cor 12,7. Unicamente fica claro que se trata de uma exigência da humildade do apóstolo diante da obra que por meio dele Deus realiza.
Em 2 Cor 12,2-4 usa o verbo ser arrebatado: que é o mesmo usado para dizer que seremos arrebatados nas nuvens em 1 Ts 4,17
O CONVITE À SANTIDADE!
2 Cor 7,1 é um convite à santidade: purifiquemo-nos de toda mancha na carne e no espírito, levando a cabo a santidade no temor de Deus.
O TEMOR DE DEUS aparece somente aqui e em mais 13 versículos Paulinos.
Paulo vê a santidade na Sabedoria...
ORAÇÃO é dita pela palavra apenas em 2 cor 1,11 e 9,14. REZAR é dito pelo verbo apenas em 2 Cor 13,7-9.


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...