domingo, 18 de outubro de 2009

Duas Palavras no meu Coração


MEU PAI

Faz hoje dois meses que o senhor se foi deste mundo...
Hoje, sinto além das saudades, muita tristeza pelos que ficaram aqui na Terra...
Aí, o senhor pode perceber o que sinto, ao lado de Deus... de uma maneira bem purificada...
Sei que sabe o quanto me faz falta...
Me contaram que o senhor não vibrou quando eu nasci... talvez porque eu fosse menina... mas esteve comigo em TODOS os momentos da minha vida, sem omitir nenhum, não por sua vontade... algumas vezes nos separamos... perdoemos, eles não sabiam o que faziam conosco...
Isso é o que me importa... hoje mais do que nunca, pai...
Nem sei o que consegui sentir naquele momento que o senhor partia desta vida em meus braços... fiquei tão sufocada... procurei-o acalmar... na despedida sufocante nossa...
Não sou forte o suficiente?
Creio que sim!
A dor é bastante intensa... ainda...
Sob seu olhar atento sempre estive... agora estou completamente só!
Órfã...
Todas as falas não resolvem e não atingem o que sinto aqui... tão só sem ti...
Filhos... amigos... ninguém é MEU PAI...
Sei que podes velar por mim no Céu onde estás... eu estou precisando, sei que entendes meus problemas todos... sempre foi assim... o senhor é o único que me compreende e não me condena neste mundo... humanamente falando, totalmente...
Seu silêncio me fascina... sinto que preciso aprender do senhor... ainda mais...
Vivi junto com o senhor a tua falta de voz e vez... herdei isso do senhor...
Com me disse um amigo, de ti herdei ao menos cinquenta por cento... ainda bem!!!
Me ajuda, tá... é tão difícil... sei o quanto sofreu por ter lutado para aguentar tanta solidão em meio a tanta gente e a calar... emudecer e ter medo de repressão dos que lhe estavam perto...
POR QUE SOMOS TÃO PARECIDOS, MEU PAI?
Convivemos muito juntos e sei o quanto lhe faziam sofrer... estivemos lado a lado...
Tenho saudades do abano da sua cabeça... aos demais é código o que falo... mas o senhor sabe o que te quero dizer...

Continua tudo a mesma coisa por aqui, MEU PAI...
Sei que vai mudar, agora conto com o tua intercessão diante de Jesus... e teu olhar compadecerá o dele também, assim como o foi com todos...
Me ajuda, sim!
Saudades
Da tua filha órfã e solitária...
Que muito te ama e é para sempre... nesse amor eu posso confiar!
Será de fato eterno!
Posso pedir ao senhor uma graça?
Faz com que chegue um anjo para secar as lágrimas que me banham o rosto e ultrapassam minha cabeça... chegam até meu peito... bem próximo do meu coração...
Obrigada, MEU PAI!


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...