quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Amor Inifinito( II )




Hoje, ainda vou inspirar-me no Frade e a Freira...

O FRADE E A FREIRA
(Benjamim Silva)
Na atitude piedosa de quem reza
e como que um hábito embuçado,
pôs naquele recanto a natureza
a figura de um frade encurvado.

E sob um negro manto de tristeza
Vê-se uma freira, tímida, ao seu lado,
Que vive ali rezando, com certeza,
Uma oração de amor e de pecado...

Diz a lenda - uma lenda que espalharam -
Que aqui, dentre os antigos habitantes,
Houve um frade e uma freira que se amaram...

Mas Deus os perdoou lá do infinito,
E eternizou o amor dos dois amantes
Nessas duas montanhas de granito.

Como entendo a amor que não pode se realizar aqui na Terra!
Sobretudo quando se é tímida...
Mas a vida afinal não é só essa... ainda bem!
No Céu eternizamos o não concretizado aqui...
Haverá sim o contrário da dor... do pranto... das "guerras"... dos não entendimentos... das fofocas... da falta de perdão... da falta de coragem... do egoísmo...
O Amor nunca terá fim, Deus o eterniza nem que seja uma montanha de granito...
Sei que teremos um Juízo e lá, como num filme, veremos de fato quem nos amou neste mundo... pode ser que nos surpreendamos... com o que disseram para nós... e vejamos a VERDADE...
Nunca será tarde para vivermos um grande amor ainda que seja diante de Deus, na eternidade...
DEUS É AMOR!

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...