sábado, 12 de setembro de 2009

Subindo Para Jerusalém (VI)


Graças ao livro de Manuel Iglesias, sj, SUBINDO PARA JERUSALÉM, pude saborear nesta semana uns pontos importantes para minha ascese. Espero que, com minha partilha, tenha acrescido algo ao meu semelhante...

JÁ ESTOU EM JERUSALÉM!
Estou sentindo cada vez mais que, seguir Jesus, ultrapassa, em muito, apenas o externo... Os Exercícios Espirituais põem em questão novas nuances à oração...
SEM AMOR NÃO HÁ RESPOSTA AO AMOR... QUEM NÃO AMA, VAI ADIANDO A RESPOSTA... Se eu seguir sem amor vou atolar no caminho... sempre atolo... tento fugir... Assim como Jonas, Ele me resgata, me trazendo de volta à vida...
Ele está me dando um MOTE... Quando conduzia rodas de TERAPIA COMUNITÁRIA em MG... aprendi o que é isso e o efeito que produz em quem está sendo questionado...
O MOTE comtempla bastante quem se trabalha internamente... Sentir com o outro... pois ele me diz respeito... é importante para mim... a sua situação me afeta... me interessa, me preocupa... mexe com a minha vida e interesses... Viver a dimensão da gratuidade!
O apelo de Deus nestes últimos dias ou meses até, tem sido: SER EUCARISTIA! ESPERANÇA QUE ALIMENTA AO MENOS A QUEM ME RODEIA...
HOJE REFLITO, COM TERNURA NO CORAÇÃO, SOBRE MEU OLHAR E MINHAS LÁGRIMAS...
O olho atento capta tudo, até o profundo das pessoas... às vezes tem um INFERNO dentro da gente... no meio de nós... a autosuficiência impede de sermos de fato solidários e fraternos...

Hoje já ouso cantar... É um novo dia... final de semana... possibilidade de recomeço à vista!
SÓ CANTA AS MARAVILHAS DE DEUS
QUEM SE SENTIU SOTERRADO,
COBERTO DE PÓ.

E, em meio à impotência,
a mão amorosa do Senhor
o devolve à vida,
gratuita e inesperadamente!

Sou muito lenta, meu Deus... pareço mesmo uma tartaruga... ser animadora da Esperança como me pede é processo lento também... experimento em mim a minha própria incapacidade... mas também a gratidão pela constante novidade que me oferece, Senhor.
Hoje, "a Sociologia presta atenção à dimensão contagiante dos valores humanos. O ser humano precisa falar e ouvir... falar de tudo aquilo que, para ele, é importante. Caso contrário, mesmo os valores importantes deixam de ser significativos; parece que não têm interesse para a vida. Talvez sirvam ainda como valores de museu"...
A fé também anda assim... ao nosso redor... pena!

O céu hoje, quando caminhava à beira da praia, apresentava sinais aparentes de embaçamento... apesar do sol imperar... algumas nuvens acinzentadas me diziam que nem tudo está perfeito...
Quando observo os raios de sol... as garças na areia... alguma solitária como eu... algumas com voo rasante... montanhas mais próximas, outras distantes... experencio a grandeza de Deus e os Bens que brotam constantemente d’Ele...
Meu maior desafio é SER CONTEMPLATIVA... quando cozinho... cuidando do meu serviço... quando estou pensando em Deus... quando viajo... quando sinto a Presença d’Ele em mim e ao meu redor... quando vou à Missa... em qualquer parte... estou sentindo Deus... quando me levanto da cama, depois de uma boa noite de sono, sem sobressaltos... arrumando a casa... tecendo... pintando... cantando... tocando... fazendo meus doces preferidos...
De primeiro, eu não contemplava Deus em nada... agora O vejo em toda parte... na cozinha... no ônibus... Ele me leva à interiorização para que de minha boca só saiam palavras que ajudem aos demais... Reconheço, com gratidão, que é Graça!!!
A iniciativa é sempre d’Ele... mas não me esquivo da minha responsabilidade... Ele me conduz... me ensina... respeita o meu modo de ser... meu temperamento... minha história pessoal...
Essa liberdade de opção me faz deixar os que me cercam também livres, sem persuadi-los de que a minha maneira seja a melhor... ou que eles tenham também a obrigação de agir como eu... É OPÇÃO PESSOAL DE VIDA... é caminho de Deus escolhido para mim...
Sinto-me amada por Ele e, "QUEM AMA E SE SENTE AMADO, MESMO SEM SE LEMBRAR A TODA HORA DA PESSOA AMADA, CARREGA A SUA PRESENÇA EM TODO MOMENTO. E ESSA PRESENÇA PESA NA SUA VIDA, DANDO ALEGRIA, CORAGEM, MOTIVAÇÃO, ESPERANÇA, RAZÃO PARA VIVER... O AMOR MARCA A VIDA: O SER E O AGIR DA PESSOA. AGIMOS DE UM JEITO DIFERENTE PORQUE, DE FATO, O AMOR NOS FAZ SER DIFERENTES"... ISSO ACONTECE TAMBÉM E, DE MANEIRA EMINENTE, NO RELACIONAMENTO DO HOMEM COM DEUS... MESMO SEM LEMBRAR A TODA HORA DE DEUS, O HOMEM DE FÉ, AGE EVANGELICAMENTE, COM UMA CERTA ESPONTANEIDADE...
Aos poucos vou me esforçando e encontrando Deus em tudo, até na dor... As mudanças de atividade e a vida muito ativa não são empecilho... até ajudam... o telefone chama... as pessoas são diferentes... os filhos e netos nos "prendem"... pegar um ônibus... dirigir um carro... TER QUE TOMAR UMA DECISÃO... vou criando o hábito (virtude) de me voltar para o meu Senhor...
Percebo hoje, com mais SERENIDADE, que o SILÊNCIO da ORAÇÃO está cheio do barulho da vida...
O povo simples desse lugar litorâneo que tenta viver unido a Deus o dia todo... porque d’Ele precisa... sem muitas teorias... de grande abnegação... habituado a sair de si e a voltar-se aos demais... é o que faz a diferença: FAZER TUDO COM FÉ, ESPERANÇA E AMOR!
Com fé, vou sempre longe...
Atos significativos voltados para o ESSENCIAL, como dizia EXUPÈRY, SÃO INVISÍVEIS AOS OLHOS...
Quanta efemeridade está em mim e ao meu redor... Perdoai-nos, Senhor da Profundidade!
Amém!


Um comentário:

  1. Cara Rosélia,

    Obrigado por nos ajudar a surbir para Jerusalém! Estes artigos em séries são muito importantes e nos dão sequencia em um estudo, oração a partir de uma experiencia concreta e patilhada com fé.

    Que Deus te abençoe

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...