domingo, 6 de setembro de 2009

Subindo Para Jerusalém (I)


Estando nesse feriadão num belíssimo balneário (IRIRI - ES) refresco minha mente, enquanto rumo para minha Jerusalém... (é impossível fugir dela...)
Sempre oro antes de dormir e um trecho da Bíblia me faz recuperar a harmonia interior, enquanto me questiono se estou agindo de acordo com a Vontade de Deus para mim... umas vezes eu retrocedo no meu proceder... outras eu prossigo... feliz, a exemplo de Terezinha de Jesus... com quem muito me identifico... Tenho certeza absoluta de que sou pequena demais... mas que o Senhor da minha vida é grande deveras...
Aqui eu aprendi a conviver com gente simples, que tem olhar de cego... coração de caipira... Isso é bom demais!
Eu procuro tocar em paralelo o livro de Deus e o da minha vida... é difícil mas tenho que treinar essa dupla leitura e aprender dos outros que me cercam também...
Um cego, literalmente falando, enxerga muito mais do que eu, é claro... pelo fato de ser cego, enxerga o que eu não consigo perceber, muitas vezes...
O cego enxerga as pessoas de dentro para fora, enquanto que eu e muitos, vemos apenas as aparências... de fora para dentro, quando muito...
O "por dentro das pessoas" implica em saber se ela está triste... alegre... animada... com problemas... sadia ... doente... só no final a gente deveria ver se é baixa... alta... bonita... feia... nova... velha... Isso é muito secundário!
Se eu olhar a pessoa só por fora, posso ficar "por fora" dela... Se eu não vou com a cara de alguém, saio fora, muitas vezes... e perco, outras tantas vezes...
A riqueza interior da pessoa eu deixo de ganhar...
Peço a Deus para que eu olhe a todos com OLHAR DE CEGO...
Conversar ou falar com caipiras... é bem melhor... o pessoal acena com a cabeça... exclama com alta voz... opina... se mexe... Tenho comprovado isso pelo Brasil afora... sei que é assim...
O nosso mundo precisa de gente que escute... de verdade... compreenda... sorria... chore... (isso não é sinal de fraqueza tão somente ao meu modo de sentir as coisas)
Será que eu cultivo um coração de caipira? Permita-me, Senhor Deus, que eu seja assim!!!
Se eu conseguir até o final de minha vida conseguir ler o livro da Palavra, revelado no meio das estradas empoeiradas, asfaltadas, enlameadas dos acontecimentos da minha vida e dos que estão ao meu redor, ficarei bem...
Penso na minha atitude... sou alguém que busco algo?
Rezar não é sumir do mundo, tenho certeza disso... fugir dos problemas... das pessoas... muito pelo contrário, rezar é trazer o mundo comigo para escutar o que o Senhor da Vida quer me dizer sobre tudo... sobre a ação pessoal e a dos outros que me circulam...
Fazer um Retiro não é descansar... mas é treinar... exercitar-me na escuta atenta e consciente de Deus... que me confirma os passos certos e me corrige os errados... que me explica o sentido dos acontecimentos e me anima para sempre caminhar consciente, livre na direção d’Ele...
Me faz, Senhor, pessoa que caminha... sempre!!!
Não quero ser voluntarista... tensa... pensando que a vida espiritual seja o meu esforço tão somente... Sei o quanto é importante a minha FÉ... obrigado, Senhor... Mas não posso deixar-Te sozinho nessa "jogada"... preciso comprometer-me comigo também, antes de ir aos demais...
Prepare, por favor, meu terreno... o lugar do meu coração, que eu seja uma pessoa de escuta constante... mais do que falante... retire meus obstáculos interiores... desejo a PAZ... a Confiança em Ti, Senhor!!! Concede-me!!!
Peço sempre a Deus que eu perceba as Moções que Ele me apresenta...
Ele sempre me fala... a sua voz é como um sopro de vida que me faz sentir paz... alegria... coragem... remorso... luz... e outros sentimentos mais...
Inácio de Loyola experimentou há séculos isso... gosto muito da ESPIRITUALIDADE INACIANA, justamente porque me permite entrar no mundo, sem fugir dele... me concede trazer para junto do Senhor o que mais almejo... o que menos consigo atingir ainda... Isso é bom demais!
Inácio também cultivava pensamentos de vaidade e depois ficava triste... mas quando saboreava pensamentos de truísmos... ficava em profunda paz...
Sei que é preciso DISCERNIR OS ESPÍRITOS que nos vêm,... Quando é de Deus semeiam em nós a paz e vida... quando não vêm, sai de baixo: nos deixam com um enorme vazio de sentido...
Venho conseguido sentir Força que é graça... PROCURO E ACHO DEUS EM TUDO... em meio às atividades diárias... Obrigado pela sua dedicação a mim, Senhor!!!
Sempre me dás a graça de parar um instante e colocar meu pensamento e coração em Ti... sou muita grata a Ti, Senhor... vou mudando assim de atitude... e sei que preciso ser uma pessoa de atitude sempre... Me deste inteligência para isso...
Tenho muito o que mudar... mas a parada inaciana que faço... (o meu jeito de rezar) me permite ser feliz estudando... trabalhando... conversando com alguém... viajando... descansando...
Estou alegre, aberta... mas sei o que é ficar fechada... triste...
Ter um "técnico" (Diretor Espiritual) me ajuda demais... ele dosa comigo o que sinto, e me ajuda a discernir e progredir, evitando ENGANOS que no passado me derrubavam com força...
Como eu preciso desse relógio espiritual!
Deus sempre me é presente... quando estou com o meu olhar ofuscado O sinto longe, mas na realidade, sou eu que estou completamente cega... Perdão, meu Deus!
Hoje paro por aqui e postarei durante dias sobre este tema que inicio hoje, é o que tenho rezado e partilharei com os amigos blogueiros o que tenho sentido no coração como foi o meu desejo ao criar um blog.

Estou partilhando o livro que me serve de pauta nestes dias: SUBINDO PARA JERUSALÉM DE IGLÉSIAS, SJ)

Um comentário:

  1. Desde mis --- HORAS ROTAS ---

    y --- AULA DE PAZ ----

    TE SIGO . --- ESPIRITUAL- IDADE ---






    comparto tu blog

    con un fuerte abrazo y

    Saludos cordiales de amistad:




    afectuosamente :
    ESPIRITUAL - IDADE






    jose

    ramon…

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...