sábado, 26 de setembro de 2009

A Doença Como Linguagem da Alma ( VI )


Estou hoje concluindo a série inicial do tema ao qual me dediquei nestes últimos seis posts...
A partir de amanhã estou me sentindo inspirada a escrever sobre outra temática que considero de igual relevância que vai girar em torno dos empecilhos para a ESPIRITUALIDADE independente de alguma em particular...

Não gosto de disputas... tive que me superar nos concursos, especialmente o público que fiz há mais de trinta anos... onde "derrubei" mais de dezessete mil e obtive um primeiro lugar que, já na época, não me disse absolutamente nada... Pode parecer um absurdo... mas adolescente ainda eu era, com apenas dezessete anos e a fama já não me subia à cabeça... É claro que hoje entendo melhor isso... eu não me sinto à vontade no pico... como já disse aqui... nem me dá ambição...

Digo isso porque me senti, antes, com o "pescoço na guilhotina"... com a "corda no pescoço"...
O que posso não somatizar, o faço sem nenhum embaraço... é menos uma ansiedade para trabalhar em mim...
A gente se vê rodeada de "lobos na pele de cordeiro"... é a vida!
Sofri, no passado, uma elevada falta de combustível dentro da alma... foi um "bócio espiritual"...
Tranquei... estrangulei meus sentimentos durante anos a fio...
Nesta sensação de aperto fui vivendo... quando me vejo numa CONDIÇÃO CLAUSTRO FÓBICA... me dá um surto de sudação... nervosismo... o coração bate rapidamente... sobe a pressão arterial... Isto não acontece só comigo, tenho um amigo muito querido que também o sente... falo de mim até para tranquilizá-lo de que o compreendo por experiência de causa... Passa... TUDO PASSA!
Abusei, sem querer, das minhas forças como uma halterofilista sem controle... sempre tive que amadurecer à força... com apenas dezesseis anos, estava no último ano do curso normal... com dezessete na universidade... e esperando fazer os dezoito para assumir emprego público...
Quando meu dique interno se rompe... banhos de lágrimas, aparentemente sem razão, encontram caminho da liberdade em minha face... É um alívio!
Progredi por meio dos meus amados filhos... e, agora, nos netinhos lindos... verdadeiros presentes de DEUS!
Meu pensamento é de que nada de ruim virá para mim no futuro... penso muito positivo em relação a ele... o pior já passou!
Não vou ser incoerente em pensar que "surtos" poderão vir... mas quem confia no Senhor é como o Monte de Sião!
O "ferro quente" me foi tirado do peito... atualmente não sinto vontade de pular no pescoço de ninguém... nem de estrangular... pular no pescoço para abraçar e demonstrar meu amor, isto sim!
Deixo fluir minhas emoções normalmente... com discernimento, é claro!
A minha tarefa agora é deixar-me levar, com critério, como uma ovelha conduzida pelo Pastor... pacientemente, permitir-me que a vida me mostre um lugar ao sol...
Meu pai foi meu companheiro, há mais de vinte anos, nas dores somatizadas no braço esquerdo, fizemos fisioterapia juntos... algo estava errado em minha vida e ele, como meu amigo do coração, sentia minha dor... Sentimos ambos a dor física, emocional e espiritual... OBRIGADO, PAI!

SEI QUE DO CÉU, O SENHOR OLHA POR MIM!

Reconheço hoje que uma parte do meu ser foi neglicenciada... um fardo pesado caía sobre meus ombros... me oprimia... não me queixava por não ter com quem... mas tinha uma secreta má vontade em enfrentar a situação da época... Suportava apenas!
A tensão sobre os ombros era tremenda e hoje, não quero mais obedecer ordens sem entendê-las... meditar sobre elas... não quero mais ser uma "máquina de luta" servidão absoluta... obediência incondicional (cega): ESQUERDA, VOLVER! EM FRENTE, MARCHE! DESCANSAR! MOVA-SE!...
Não posso mais viver a vida quebrando a minha vontade pessoal... quando ela nada tem de errado... pelo contrário: é sinal de SAÚDE!
"ESPINHA ESTICADA" NÃO DÁ MAIS!
Acertar sempre para causar uma boa impressão é exaustivo!
TENHO O DIREITO DE ERRAR!
Ser aduladora ou rastejando... puxa saco ou oportunista... tudo isso é deprimente!

A SINCERIDADE ACIMA DE TUDO!
Curai-me do CORPO E DA ALMA, MEU DEUS!

Senhor Deus, ajudai-me a ser sempre transparente comigo mesma e com os meus semelhantes.

Um comentário:

  1. Amiga Boa semana! Adoro teu Blogger e ca mensagem é mais um detalhe muito significativo que me leva a Auto Reflexão. ABRAÇOS!

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...