quinta-feira, 17 de setembro de 2009

A Arte de Viver bem (III)




Estou tentando viver uma vida nova...
Caminho à beira da praia duas vezes por dia... não só aqui, mas onde moro também, a medida do possível... Uma pela manhãzinha... outra pelo entardecer... fechando com chave de ouro a parte emocional e física...
A Celebração Eucarística fecha com chave de ouro o espiritual no meu dia a dia...
Acordo bem cedinho... faço isso de uma maneira perene de uns anos para cá, quando me aposentei... não uso mais o despertador... como quando estava na ativa... que enjoado! Mas necessário...
Gosto muito de acordar tranquila e aprendi aqui a ser assim... já me levanto a espera do sol... quando ele não vem encontrar-me, fico tão triste!
Quando ele está presente, fico infantilmente feliz... faço o protocolo daqueles que acordam e já estou pronta desfrutando de um novo dia... de uma nova caminhada tranquilamente feliz...
Ontem mesmo, meus primos me gritaram e eu nem os ouvi de tão distraída que estava... ou concentrada... meditando... contemplando...
Abro a janela e logo digo para mim mesmo: VAI SER UM LINDO DIA DE SOL...
Encontro pessoas... aceno dando um tchau de longe... sou correspondida na amizade por aqui... há cinco anos atrás me fui de mudança daqui... foi necessário e melhor, hoje vejo bem...
Ainda ouço gente me dizendo que aquele tempo era bom demais... que a missão que fazíamos é inesquecível e de Deus ...
Eu também não posso esquecer-me de muita gente aqui... que me quer muito bem...

Vi aqui vários tipos de céu... uns, nebulosos... outros, ensolarados...
Não mudo o caminho que faço... para perpetuar esse itinerário... tão lindo!

"É PRECISO TER ANSEIOS VERDADEIROS E NÃO APENAS GANHAR DINHEIRO".
(Jorge Badia)

Morando aqui nesse lugarejo durante nove anos, aprendi a superar muitos limites...
Meus pés tocaram a terra... doces gotas sempre tocam minha face... SÃO LÁGRIMAS DE EMOÇÃO... trazendo o mundo de volta para mim... com minhas pegadas na areia vou ficando mais consciente de cada passo meu... sinto falta dos meus queridos que não estão aqui comigo... Seria tão bom!
Caminhar com eles... sem pensar em nada... desfrutar da companhia agradável deles... sendo nossa caminhada de paz... alegremente andando... muito felizes...
Quando ando por aqui... apalpo a PAZ... apalpo a FELICIDADE... a todo instante... a cada passo me traz uma brisa refrescante... beijo a terra com meus pés... Me torno mais segura... a areia onde piso é sempre paciente comigo... me espera dia após dia... de coração aberto todas as manhãs...
VOU SENTIR MUITA SAUDADE!
Acho que ela sabe que voltarei um dia... pra matar a saudade que vai doer...
O clima refrescante me acolherá de novo... como há catorze anos atrás... quando me aposentava...

O AMOR NUNCA DIZ: ESTA É A ÚLTIMA VEZ!

Sei que areia me esperará... pessoas também... é estimulante e belo... cada vez como se fosse a primeira...
PAZ É O ANDAR...
PAZ É O PASSO...

Ele transforma em ALEGRIA todo caminho interminável...

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...