domingo, 23 de agosto de 2009

Tocando em Frente



Publicado em 10 de julho de 2009 no http://espiritualidade.spaces.live.com


(ALMIR SATER E RENATO TEIXEIRA)

ANDO DEVAGAR
PORQUE JÁ TIVE PRESSA
LEVO ESSE SORRISO
PORQUE ME SINTO MAIS FORTE
MAIS FELIZ QUEM SABE
SÓ LEVO A CERTEZA
DE QUE MUITO POUCO EU SEI
E NADA SEI
CONHECER AS MANHAS E AS MANHÃS
O SABOR DAS MASSAS E DAS MAÇÃS
É PRECISO AMOR PRA PODER PULSAR
É PRECISO PAZ PRA PODER SORRIR
É PRECISO A CHUVA PARA FLORIR
PENSO QUE CUMPRIR A VIDA
SEJA SIMPLESMENTE
COMPREENDER A MARCHA
IR TOCANDO EM FRENTE E
COMO UM VELHO BOIADEIRO
LEVANDO A BOIADA
EU VOU TOCANDO OS DIAS
PELA LONGA ESTRADA
EU VOU
ESTRADA EU SOU...
TODO MUNDO AMA UM DIA
TODO MUNDO CHORA
UM DIA A GENTE CHEGA
E OUTRO VAI EMBORA
CADA UM DE NÓS
COMPÕE A HISTÓRIA E
CADA SER EM SI CARREGA O DOM DE SER CAPAZ.

Hoje meditei sobre esta letra de música e me identifiquei com o conteúdo muito direto à situação atual de minha vida, minha filha também gosta muito desta...
Uma parte que me toca neste tempo é o fato de eu estar como uma Peregrina, de um lado para o outro...To sentindo falta de um abrigo... de um carinho do lar próprio... todos me acolhem por onde passo, muito bem, mas algo me destoa no coração.
Me senti, nesta semana, muito angustiada... ou aflita... sei que tenho motivos... mas se confunde entre aflição e angústia, é um misto inexplicável...
Tenho andado muito agitada com vários envolvimentos. Vou tocando a vida, como o boiadeiro desta melodia, mas sentindo uma lacuna no peito...
Alguém me perguntou de que me adiantava rezar diariamente... em que mudavam os fatos...
Eu respondi: você não vê?
É, a gente fica cego(a) diante da vida... só vemos o que nos convém...
E se não rezasse, o que seria de mim, já que Deus não precisa de minha oração?
É bem verdade que Deus ama a quem reza e a quem não reza... disto eu sei bem e com um amor inigualável aos que não chegaram a este sabor da vida que é a ORAÇÃO.
Estive pensando também o quanto sou pequena diante das dificuldades... tenho me "consumido", como uma vela... na tentativa de ser útil a quem de mim precisa... mas me desanimo diante da cegueira de quem não vê senão além do próprio umbigo... É uma lástima!
Acho que estou precisando de mim...
Na verdade, poderíamos modificar o mundo se nos puséssemos todos juntos em prol de muitas necessidades... mas uma andorinha só não faz verão... mas tentei... tento... e tentarei, se Deus me continuar ajudando e se não esmorecer antes...
TOCAR EM FRENTE... não é fácil como parece... me vem a vontade de "sumir do mapa"... são tantas as incompreensões... a desarmonia... o egoísmo... (ENTENDO BEM UM AMIGO QUE ME FALOU ALGO DE UMA MÁQUINA DE SUMIÇO QUANDO FOSSE PRECISO...). Se não fosse Deus, seria melhor deixar de existir muitas vezes...
A efemeridade ao meu redor, por onde passo... me deixa zonza... exausta... é como remar contra a maré... parece que não vou vencer... o percurso... é desafiador...
Hoje é o dia em que me sinto esgotada até fisicamente... já chorei um pouco (não tudo o que precisava...)
Onde estou tenho que ser o apoio... não posso deitar no colo ou pedir colo... NÃO ME PERMITEM... tenho que engolir meu "choro"... to querendo caminhar no infinito...
Mas o caminho me parece tão árido...
O futuro tão distante... preciso ter ESPERANÇA, meu Deus, não me deixe desanimar, que meu humor não feneça, por piedade...
ESTOU NECESSITADA DE TI!

"O FUTURO NÃO É UM LUGAR ONDE ESTAMOS (lindo!)
INDO, MAS UM LUGAR QUE ESTAMOS CRIANDO.
O CAMINHO PARA ELE NÃO É ENCONTRADO, MAS CONSTRUÍDO, E O ATO DE FAZÊ-LO MUDA TANTO O REALIZADOR QUANTO O DESTINO".
(ANTOINE DE SAINT EXUPERY)
Que a Senhor do meu destino me ajude a TOCAR EM FRENTE!


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...