domingo, 23 de agosto de 2009

Retiro Inaciano Personalizado de 8 dias ( VII )


Publicado em 18 de fevereiro de 2009


SÉTIMO DIA

O SILÊNCIO DO AMOR É O AMOR NO SILÊNCIO.

Me sinto no dia de hoje sendo enxertada, eu que sou uma oliveira brava por natureza, mas que recebi uma seiva de uma raiz boa que me faz ser sustentada na minha essência.
Posso permanecer firme pela fé que me foi dada.
Deus foi bom demais para mim.
Sou interpelada a agir com prudência.
Creio que um dos maiores milagres de JESUS foi o de fazer os inimigos se pacificarem, como fez com Pilatos e Herodes.
Constato, com gratidão, que sempre em minha vida tive um Cirineu disposto a carregar comigo a minha cruz pela vida afora.
Percebo que juntos temos força para o bem e para o mal...é muito salutar unirmo-nos para o bem sobretudo aos mais necessitados.
Estou exatamente neste cenário contrastante em termos de desnível social, entre S. Conrado e a Comunidade da Rocinha.
Quanta desigualdade nos rodeia!
Neste Calvário de condição social, moral... vou pelejando como as Filhas de Jerusalém... há tanto o que perdoar e pedir perdão.
Quanta gente desamparada!
Como me senti desamparada também muitas vezes, sem ninguém para sentir comigo a minha dor.
Por outro lado, recebi sempre dos amigos, filhos, familiares, os AROMAS E ÓLEOS PERFUMADOS... reconheço que tenho o carinho de muitos e me sinto feliz demais com as manifestações de amor com que sou brindada nestes últimos tempos de minha vida. Me sinto ungida.
Aos poucos fui sendo tirada do túmulo em que vivi...da escuridão... Quando ao menos dois estão juntos na mesma direção...se nos vão afrouxando os nós...
Um dia me disse um amigo que era eu refém do passado e creio, hoje, que aquela fala dele me serviu para ir já me preparando para a Ressurreição que haveria de chegar.
Tudo está contribuindo para a Nova Vida que Deus deseja para mim: o sol não tão quente...as mariposas do local... os pássaros... os gatos...a brisa suave...as cigarras... as frutas nas árvores... as montanhas...o céu tão azul... as nuvens branquinhas e quietas...
O sentimento predominante é de plena harmonia com a natureza.
Sinto vontade de sorrir, de abraçar apertado, de beijar com amor, de cantar, de ser feliz...
Definitivamente posso sentir e saborear a Santíssima Trindade a desejar a minha felicidade.
É um Hosana total!
Fico extasiada com a criação.
Estou saindo deste Retiro com os aromas que recebi, com a vontade de partilhar com amigos tudo o que aqui vivi.
Peço a Deus que fique comigo sempre e com quem eu amo também.
Meu coração arde... a exemplo dos discípulos de Emaús.
É verdade, a Ressurreição acontece...verdadeiramente o Senhor ressurge sempre em nós.
A graça de Deus permanece em mim.
Na verdade, nesse último dia de Retiro, vejo que a Escritura Sagrada supõe que tenhamos inteligência também para usá-la em prol de nós mesmos.
Fico recebendo os verdadeiros e santíssimos efeitos da Ressurreição de Cristo em mim. Bem " ao modo de como costumam os amigos se consolarem uns aos outros".
Sei que é dom... gratuito... imerecido... e por isso, com o salmo 135, agradeço a Deus porque ETERNO É O SEU AMOR.
Quero agradecer sempre a Deus pelo apoio de alguns amigos muito queridos.
Bem que partilhei com um deles que eu necessitava nesse Retiro de RACIOCINAR COM O CORAÇÃO e... Deus me possibilitou isso.
Saio daqui com esse aroma perfumado da Palavra contemplada e peço também como os discípulos: "fica conosco... TU SABES COMO TE AMO!".
HOJE NÃO NECESSITO NEM DE SOL NEM DE LUA PARA ME SENTIR ILUMINADA.

Obrigada por sua oração por nós aqui e Deus lhe derrame muitas bênçãos que necessite você.


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...