domingo, 23 de agosto de 2009

Páscoa ( V )



Publicado em 19 de abril de 2009 no http://espiritual-idade.spaces.live.com/

O ANDARILHO DE DEUS

(JOSEPH SURIN)

Quero ir correr mundo
e viver como criança perdida,
passei a ter gosto de uma alma errante
Baste em mim o AMOR PERDURE...

Sem honras, sem amigos, nem riquezas,
estou reduzida, AMOR, à tua mercê.
Já não posso por minha esperança
senão no prazer de ser tua, despreocupada
Basta que em mim o AMOR PERDURE.

Se a orla do mar eu toco,
e nele permite, sem vela e sem cordame,
apesar dos inimigos, por toda parte irei
Basta que em mim o AMOR PERDURE.

Se meus amigos mais caros me abandonarem,
se meus pais me chamarem de insensata,
cantarei pelos bens que me dão
Portanto que o AMOR não me tenha desamparado.
Basta que em mim o AMOR PERDURE.

Pobre, contente, fortuna irei buscar
por caminho que não conheci jamais
Tenho por morada o campo que é de todos
onde serei sempre bem recebida
Basta que em mim o AMOR PERDURE.

Se pelos campos, quando o sol se por,
não estou na morada retirada,
abrigar-me-ei na cavidade dos cepos
contente de me ter do caminho desviado
Basta que em mim o AMOR PERDURE.

Estou segura de que serei eternamente feliz, porque espero firmemente sê-lo. DEUS ME GUARDE DE REDEMOINHOS MAIS RÁPIDOS... Os acontecimentos são os nossos Mestres...Deus fala pelos acontecimentos gerais. Escrever num blog pode excitar apenas onda... tempestade... sem raciocínio de gente curiosa... Podemos olhar apenas matéria, o acaso, o capricho de alguém... Temos censuras a fazer... queremos acrescentar, diminuir... reforçar e tomar liberdade de cometer excessos... No blog, anoto os meus sentimentos íntimos, muitas vezes eu me comprazo em saber que muitos intercedem por mim... Que o Dispensador de graças logo conceda uma quantidade tão grande de reconhecimento, visitas e dons espirituais que não seja possível exprimir... Leio com frequência, e sinto atração pela narrativa... Entre leituras, medito, oro sobre o objeto desses textos, oro sobre os acontecimentos que ocupam meus pensamentos... Provações e restabelecimento de uma escrupulosa... às vezes não fico satisfeita... procuro pessoas espirituais, aconselho-me, anoto para escutar tudo o que me toca e depois lembrar...Mas, às vezes, os escrúpulos cada vez mais sutis reaparecem... sofro grandes provações... Não oculto nada do confessor, do Orientador, do confidente...Antes, sempre voltava ao passado martirizante... Atualmente, há uns meses, venho acordando como de um pesadelo, tenho mais lucidez e sinto que estou sendo liberta de escrúpulos constantemente, a exemplo de Inácio de Loyola... e de tantos homens e mulheres que lutam consigo mesmos para a própria superação...


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...