domingo, 23 de agosto de 2009

O Inacabado em Mim



Publicado em 29 de maio de 2009 no http://espiritual-idade.spaces.live.com


(FÁBIO DE MELO)
EU ME EXPERIMENTO INACABADO. DA OBRA, O RASCUNHO. DO GESTO, O QUE NÃO TERMINA. SOU COMO O RIO EM PROCESSO DE VIR A SER. A CONFLUÊNCIA DE OUTRAS ÁGUAS E O ENCONTRO COM FILHOS DE OUTRAS NASCENTES O TORNAM OUTRO. O RIO É A MISTURA DE PEQUENOS ENCONTROS. EU SOU FEITO DE ÁGUAS, MUITAS ÁGUAS. TAMBÉM RECEBO AFLUENTE E COM ELES ME TRANSFORMO.O QUE SAI DE MIM CADA VEZ QUE AMO? O QUE EM MIM ACONTECE QUANDO ME DEPARO COM A DOR QUE NÃO É MINHA, MAS QUE PELA FORÇA DO OLHAR QUE ME FITA VEM MORAR EM MIM? EU ME TRANSFORMO EM OUTROS? EU VIVO PARA SABER. O QUE DO OUTRO RECEBO LEVA TEMPO PARA SER DECIFRADO. O QUE SEI É QUE A VIDA ME AFETA COM SEU PODER DE VIVÊNCIA. EMPURRA-ME PARA REAÇÕES INUSITADAS. TÃO CHEIAS DE SENTIDOS OCULTOS. CULTIVO EM MIM O ACÚMULO DE MUITOS MUNDOS... UM DIA SOU MULTIDÃO; NO OUTRO, SOU SOLIDÃO. NÃO QUERO SER MULTIDÃO TODO DIA. NUM DIA, EXPERIMENTO O FRESCOR DA AMIZADE; NO OUTRO, A FEBRE QUE ME FAZ QUERER SER SÓ. EU SOU ASSIM. SEM CULPAS.
Este dia de chuva fina e frio, me reporta a este texto e à pregação de ontem na Canção Nova do referido padre. Tenho que sacudir a poeira que jaz em mim... neste mês em que estive junto de meu pai na sua enfermidade longa e idade avançada... Preciso envolver-me em sonhos novamente... Neste mês, em este blog completou seis meses, me carrego de energia ao recordar-me o que me diz sempre um amigo sobre perseverar mesmo na adversidade como sinônimo de VOCAÇÃO... Lendo Machado de Assis, neste mês, em sua coletânea, nas crônicas... em seus três volumes, achei algo que considerei bárbaro:
"PODEM ELOGIAR-ME À VONTADE. NÃO ME CANSARÃO COM BOAS PALAVRAS, ANTES ME DARÃO ALMA NOVA PARA OUTROS COMETIMENTOS. QUEM SABE SE NÃO IREI AINDA MAIS LONGE? UM HOMEM NÃO SABE O QUE FARÁ NESTE MUNDO ANTES DE FAZER ALGUMA COISA, E AINDA ASSIM PODE NÃO SABER NADA IMEDIATAMENTE. A GLÓRIA LEVA ÀS VEZES UM ANO, OUTRAS VINTE, OUTRAS DOIS MESES, CINCO SEMANAS, E NÃO SÃO RARAS AS DE VINTE E QUATRO HORAS. DEPENDE DA ESPÉCIE DO TEMPO E DO MEIO. HÁ GLÓRIAS TARDIAS E GLÓRIAS PRONTAS. Ao amigo, agradeço de coração todo carinho e atenção e o fato de eu poder estar tentado voar ainda mais longe. A ele dedico este pensamento de Machado tão belo.
"É MÍNIMO: NEM TODAS AS FLORES SÃO DÁLIAS E CAMÉLIAS; O PEQUENO MIOSÓTIS TAMBÉM OCUPA UM LUGAR AO SOL".
Estou em comunhão com a tensão internacional da Coreia do Norte... ainda que dentro da família nós estamos todos em tensão contínua...
TAMBÉM ESTOU INACABADA E SEM CULPAS! OREMOS.



0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...