domingo, 23 de agosto de 2009

Meditações Ecológicas (IV)





Publicado em 10 de junho de 2009 no http://espiritual-idade.spaces.live.com/


(JOSAFÁ C. DE SIQUEIRA)

O sol já está pensando de prosseguir... E a saudade vem atrás...
Hoje estou saudosa no sentimento e com o coração apreensivo pela saúde de um amigo... Deus o abençoe! A luz divina o guie...

Prosseguindo a reflexão da semana... procurando um pedacinho de FELICIDADE debaixo deste sol para que a minha alegria interior se transforme em doação, serviço, entrega ...
A relação homem e natureza não pode se limitar ao romantismo descabido que se vê na mídia atualmente... Ela é ativa e interpelativa...
O BELO cativa os olhos, nos enche de INTERIORIDADE e nos deixa propensos ao louvor e admiração contemplativa...
Transformar velhos hábitos... mentalidades... reeducar-nos... CONVIVER MAIS COM A NATUREZA... evitaria muitas enfermidades degenerativas até, isto está comprovado pela ciência todos o sabemos bem.
Nos servimos de tudo e de todos a nosso bel prazer... é uma pena!
Somos praticistas e utilitaristas... estamos em plena era do descartável... e isto se estende também nas relações afetivas de todo tipo... DIMENSÃO ESPIRITUAL então? Fica muitas vezes fora de cogitação...
Estamos cada vez mais FRAGILIZADOS nas relações sociais... ainda bem que nem todos, é claro!

NA NATUREZA NÃO EXISTE O FEIO; TODO O MUNDO EM BELEZA FOI CRIADO... FEIÚRA EXISTE EM MIM, QUANDO ESTOU CHEIO DE AMBIÇÕES DESMEDIDAS, DE PECADO.
(Heber Salvador Lima)

O autor fala algo neste ponto do livro, que me encanta de verdade: Ah! se a NATUREZA pudesse nos ajudar a descobrir a VONTADE DE DEUS para cada um de nós!
Especialmente quando tudo parece difícil... como está sendo para meu amigo hoje... Se nós pudéssemos ver tudo com mais CLAREZA... o Senhor nos orienta e nos conduz... como eu vivenciei, viajando de ônibus interestadual... por grande distância... o ônibus corre... e a gente vai saboreando outros horizontes... deixando para trás o dissabor muitas vezes... tendo novas perspectivas... tendo ESPERANÇA como o verde circundante nas estradas...
Às vezes, nos ficam apenas lembranças... Que lástima!
Mesmo com todo progresso... no ambiente pluralista, racional eticamente pluriverso... nos resta recorrer às mediações da NATUREZA... Ela nos ajuda no DISCERNIMENTO ... É o nosso TALISMÃ!
Caminhar à beira da praia... dentro do Museu de Petrópolis, por exemplo... em meio ao verde multicolorido... de diversos tons... matizes... cheirosos... É demais integrador e interpelativo...
Será que somos cegos? Acho que sim! Muitas vezes!
Fico "iluminada" quando num ambiente bucólico... Também pudera, tonta seria se não fosse assim! ...
Me sinto uma florzinha murcha, sem respirar direito, com uma respiração ofegante... quando não me integro com a NATUREZA...
O voo dos pássaros... o caminhar dos mamíferos... a dispersão das sementes... (eu, particularmente, com o voo das garças, na cidade em que vou de dois em dois meses...) nos fazem REPENSAR o nosso ritmo de vida... redescobrir a nossa direção... reencontrar o nosso caminhar em direção a DEUS.
É IMPOSSÍVEL SER ATEU!

JUNTOS, O LOBO MORA COM O CORDEIRO, A PANTERA DORME COM O CABRITO, NOVILHO E LEÃOZINHO PASTAM SOB A GUARDA DE UMA CRIANCINHA. A VACA E O URSO TÊM A AMIZADE, SEUS FILHOTES PASTAM JUNTOS. O LEÃO COME PALHA COM O BOI.

Inácio de Loyola, NÃO DESCOBRIU ISTO NUMA CAPELA... NUM QUARTO ISOLADO... MAS SIM EM CONTATO COM A NATUREZA... olhando o rio que corria... ele refletia... contemplava... Numa relação de afinidade entre o teológico e cósmico... ambos impossíveis de se separarem...
Nós também temos movimentos interiores... como o rio que corre... dentro de nós... correm "TEMPOS" espirituais também...
Que tenhamos sempre este desejo de manter contato constante com a NATUREZA... bosques... parques... matas... cachoeiras... rios... mar... montanhas...!
E que, debaixo do sol sempre brilhe firme o desejo de viver! AMÉM!


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...