domingo, 23 de agosto de 2009

Exercícios Espirituais



Publicado em 27 de abril de 2009 no http://espiritual-idade.spaces.live.com


É uma educação da vontade, uma escola de oração, uma revelação de Cristo. Incita a alma ao exame crítico. Introduz na transcendência e na graça, os EE expõem um método para fazer eleição na oração e no recolhimento. Inácio de Loyola escreve um verdadeiro manancial epistolar misturando diversos gêneros literários, mas reveladores de sua personalidade com a vontade de auxílio às pessoas. 
Ele reza o que escreve. Solidão, oração, recolhimento, definem os principais elementos da sua ESPIRITUALIDADE. Tem intenção firme e reta. O religioso Inácio tem em vista uma docilidade perfeita. DEUS EXISTE, PORTANTO, OBEDEÇO.É de uma discreta caridade (caridade que sabe discernir). É firme e doce. É mão de ferro em luva com veludo. A marca inaciana: caridade fraterna, empreender, perseverar, sofrer junto, COMPANHEIROS DE JESUS. Um dos seus lemas: PARA A MAIOR GLÓRIA DE DEUS. Os EE são um código de ascese, considerado o mais sábio e o mais universal para dirigir almas no caminho da salvação. (Pio XI) Suas máximas: NADA PREFERIR AO AMOR DE CRISTO.SABOREAR AS COISAS DIVINAS.CONTEMPLATIVO NA AÇÃO. Leva os outros para Jesus e não para si mesmo. Temperamento ardente... alma de grande senhor... Abole timidez própria... cálculos que medem a ajuda ao próximo...Sai dos limites do indispensável...Às provações de Amor responde com dom apaixonado.

Há treze anos exatos, venho rezando os EE e me sentindo sendo modelada por Deus.
Ontem um amigo me falou do INEBRIAR-SE...
É bem verdade!
Como um casal enamorado, o sentimento predominante é semelhante à sensação posterior a um bom vinho saboreado bem devagarzinho (o do Porto, por exemplo...), a gente fica inebriado e é muito bom.
Também o reportei a um abraço bem terno... de alguém muito querido... totalmente penetrante, parece englobar as entranhas da gente e é de extremo consolo e preenchimento da alma sedenta. (Este abraço não o temos assim no dia a dia, é claro, custa... é desejado pelo coração e nem o sabemos se um dia realizado será)
A oração inebria se: mantemos uma relação com Jesus de amizade e ternura, como um ótimo amigo do coração...
Já um calmante fortíssimo que nos "derruba"... não tem nada de inebriante ao meu ver... É um terror! Algo que se assemelha ao êxtase religioso sem profundidade de alma nenhuma.
Ah! Como ele tem razão quando me coloca esta santa palavra: INEBRIAR-SE!
Muitos o desejam...


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...