segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Conformação em Deus


A REALIDADE DO OUTRO NÃO ESTÁ NAQUILO QUE ELE REVELA A VOCÊ, MAS NAQUILO QUE ELE NÃO LHE PODE REVELAR.
(KALIL GIBRAN)

Hoje quero agradecer pelas inúmeras mensagens de todo o tipo que venho recebendo ao longo desta semana de luto: MUITO OBRIGADO.

Estou precisando rezar com o coração a ORAÇÃO da SERENIDADE:
DEUS ME DÊ A SERENIDADE PARA ACEITAR AS COISAS QUE NÃO POSSO MUDAR.
A CORAGEM DE MUDAR AS COISAS QUE POSSO MUDAR,
E A SABEDORIA PARA CONHECER A DIFERENÇA.
(AA)

O ser humano não é uma máquina com fios soltos ou válvulas queimadas... um cirurgião ideal poderia tocar e consertar ou ajustar... retirar ou reconectar. Sou organismo interativo, experencial...
Quando eu respondo ao que se passa com alguma pessoa, então alguma coisa se passa dentro dela...
É claro, alguma coisa também já está acontecendo antes que eu responda. Ela está magoada... ansiosa... deprimida: ELA PRECISA DO SEU PRÓPRIO SENTIDO... pode não estar sentindo coisa alguma: TUDO PODE ESTAR SOANDO INSÍPIDO.
Quando eu respondo ou acho que consigo responder, mesmo tentando e falhando, então algo mais está... ELA SENTE REALMENTE ALGUMA COISA, há um sentido surpreendente do próprio eu e ela pensa: "PUXA, TALVEZ EU NÃO ESTEJA PERDIDA"...

Lendo isto de Eugene T. Gendlin, me veio uma resposta significativa ao que estou sentindo no momento dentro do meu coração... É COMO SE EU ESTIVESSE CORTADA EM MIL PEDACINHOS... e para me "montar" de novo... preciso de ajuda de alguém para recompor-me... sentar comigo e formar meu "quebra cabeça" interior... despedaçado... Brinquei muito em criança com eles e me dava vontade de desistir... mas ia adiante até remontá-lo...
Peço a DEUS a Graça de fazê-lo de novo neste momento em que sou grande... não com os brinquedos... mas com meu próprio ser... e tornar-me INTEIRA novamente...

DEUS É MUITO BOM PARA MIM, NÃO TENHO A MENOR DÚVIDA DISTO.

Preciso ser paciente com as coisas não resolvidas em meu próprio coração, tentar amorizar minhas questões...
Não procurar agora as respostas que não me podem serem dadas... eu não seria capaz de vivê-las. E O MAIS IMPORTANTE É VIVER TUDO: O LUTO TAMBÉM!!!
Falei pessoalmente com minha cunhada sobre o meu desejo de me resolver neste fato inusitado da morte de meu pai amado, é imprescindível trabalhar o luto em mim e agora... e nisto estou, buscando forças em Deus, sendo apoiada por familiares e amigos do coração...

VIVER A QUESTÃO AGORA... talvez eu possa,então, pouco a pouco, sem mesmo perceber, conviver, algum dia distante, com as respostas...
Hoje me ajudou também este texto de Rainer Maria Rilke...
Clara Feldmann me ajudou com estes argumentos lindos: LIVRE... COMO UM BALÃO QUE SOBE AO CÉU, SEM DONO... assim estou eu... meu Deus
PERDIDA...COMO UM BARCO EM MEIO À TEMPESTADE, SEM LEME... assim estou eu... meu Deus
TRISTE... COMO UMA ÓRFÃ EM NOITE DE NATAL, SOZINHA... assim estou eu, meu DEUS
ESPERANÇOSA... COMO UMA NAUFRAGA SEM FORÇAS, AVISTANDO A PRAIA... assim estou eu, meu Deus
...Cuida desta barquinha sozinha no mar, Senhor...
Sei que meu botão só vai desabrochar amanhã... serei uma roseira... por mim mesmo... por TI... por meus amigos... familiares, filhos e netinhos...
Sei que não estou ao leu... andando por onde o caminho me leva... estou andando por onde não há caminho... mas estou deixando uma trilha... outros me seguirão...

O DESAPARECIMENTO DO MEU PAI NA TERRA É FATO!
Não é justo... não é bom... não é limpo... não é coerente... não é maduro.. não é decente... não é viável... não tem "razão"... não há quem entenda... não há quem aprove... não há quem aceite...NINGUÉM GOSTA! NÃO ENGULO! É DESUMANO!
MAS É FATO!
E CONTRA FATOS NÃO HÁ ARGUMENTOS... Muito bem já o disse a Cláudia Myrian Botelho... agora eu entendo melhor as escritoras acima mencionadas.
Fico aqui por hoje, agradecida a DEUS por Ele confiar tanto em mim e me deixar sempre tribulações de toda ordem para eu mesmo resolver... OBRIGADO, SENHOR!


3 comentários:

  1. Rosélia, você finalizou muito bem esse texto, agradecendo pelas tribulações, para que você mesma tente resolver.
    É importante ter a serenidade para aceitar que essa vida bem vivida de 85 anos teve o seu tempo, mas vai perdurar em nossos corações de filhos, netos e bisnetos.
    Fique em paz!

    ResponderExcluir
  2. Olá Ro!
    IRLANE DISSE:
    Apesar do que te aconteceu, espero que esteje melhor, permanecendo firme no caminho de Deus e
    buscando se realizar e fazendo sempre o bem, como fez até hoje. Estamos com saudades. Aquele seu projeto, continua de pé? (pousada). aguardo notícias sua.

    abraços

    ResponderExcluir
  3. Bela reflexão! Me reportou à ocasião do falecimento da minha filha Adelina com apenas 29 anos de idade.Eu enlouqueci e ninguém percebeu; mas me julgaram pelas minhas atitudes. Quando despi a minha alma e me rendi a Deus , minha alma foi asserenando e hoje, após quase 14 anos, sinto-a mais leve. Somente Deus é capaz de nos fortalecer nestes embates da vida. abraços fraternos.

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...