domingo, 23 de agosto de 2009

Bento de Núrsia ( I )


Publicado em 14 de março de 2009

De família de alta nobreza, estudado, Bento não consentiu respirar esse "ar" do Império Romano por muito tempo. Desiludido e enojado de tudo, procurou a Deus na solidão e no deserto. Galgou as montanhas e fixou morada numa gruta. O silêncio foi rompido por homens que o procuravam invadindo sua privacidade. Às vezes, deixava sua "gruta" e ia, escondido, para outro recanto (Subiaco). Leu as Regras de S. Pacômio e S. Basílio e serviram de grandes expoentes ao monacato oriental. Ele desenha o projeto de uma nova comunidade monástica mais estruturada. Viveu uma vida levada na oração e no trabalho, no equilíbrio e na moderação, na hospitalidade, na autos sustentação. Nesse mundo marcado pela agitação, pelo materialismo e pelo barulho, Bento aponta o valor do SILÊNCIO, DA INTERIORIZAÇÃO, DA ESCUTA DE DEUS, DO MUNDO E DE NÓS MESMOS. Hoje temos necessidade de "ir ao deserto"...Numa sociedade marcada pelo EGOÍSMO E PELO SUBJETIVISMO, ele fez o diferencial propondo vida comunitária. Ele nos provoca a fazer um itinerário espiritual que exige de nós um combate espiritual contínuo contra as FORÇAS DO MAL que nos pedem COMODISMO, FIXISMO E EGOÍSMO. Ele venceu essas forças.

DEUS NÃO NOS QUER SOZINHOS.
VIVEMOS JUNTOS, REPARTINDO A VIDA, A FÉ, CAMINHANDO PELAS ESTRADAS DA VIDA, AJUDANDO-NOS UNS AOS OUTROS, REPARTINDO PERDÃO, SERVINDO UNS AOS OUTROS?
A QUEM ESTOU DEVENDO AMOR EVANGÉLICO?
VIVO NO AMOR?
COMO ESTOU RESISTINDO ÀS FORÇAS DO MAL DENTRO OU FORA DE MIM?
PODEMOS APROVEITAR TAMBÉM PARA FAZER A DEUS NOSSOS PEDIDOS OU AGRADECIMENTOS POR ALGUÉM QUE PRECISE DE LIBERTAÇÃO...
Gosto muito de refletir sobre pessoas que viveram um processo de conversão constante...me incentiva a procurar crescer em todos os níveis de meu ser. Amanhã prosseguirei sobre Bento, um homem de silêncio e de oração.


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...