domingo, 23 de agosto de 2009

Amigos ( II )


Publicado em 09 de dezembro de 2008 no http://espiritual-idade.spaces.live.com/

Com essa letra de música iniciarei meu dia de hoje:

ABRE TUA PORTA
QUE ALGUÉM ESTÁ BATENDO
ABRE TUA PORTA QUE ALGUÉM
ESTÁ NASCENDO:
É JESUS QUE VEM A TI

POR QUE NÃO RESPONDES?
POR QUE TU TE ESCONDES?
IMPEDES JESUS DE RENASCER!

TIRA ESTE MANTO QUE VESTE O VELHO HOMEM
TIRA DA VIDA IDEAIS QUE TE CONSOMEM
ABRE A PORTA A JESUS
QUANDO ACOLHERES IDOSOS E CRIANÇAS
PARA COBRI-LOS DE PAZ E ESPERANÇA
É JESUS QUE VEM A TI.

Hoje tive um dia muito denso, cheio de compromissos, porém cheio também de ternura, pois rodeada de amigas de artes plásticas, fizemos nosso encerramento do ano em curso... antes que as agendas ficassem mais cheias... mesmo ainda continuando nossos trabalhos... até o recesso para as festas que se aproximam.
É verdadeiramente incrível como Jesus nos ama e nos quer brindar com inúmeros mimos a cada dia... Dentre esses, estão os amigos.
Nossa confraternização foi permeada de carinho, gentilezas, beleza própria de quem assume o gosto pela pintura e pela arte em geral...
Fica muito difícil de colocar em palavras o que se sente no coração... Amigo a gente não raciocina, a gente sente e vive não mais.
Cada lembrancinha trocada, tão esmeradamente embrulhada, revela o caráter amistoso do grupo que se empenha em ir além do objetivo principal: pintura acrílica em tela.
Cada uma de nós foi criando redes, laços, e nos sentimos ao longo do ano envolvidas num misto de bondade e empatia tão grande que nos tornamos uma pequena "família" capaz de reconhecer os detalhes umas das outras... as particularidades... e assim nós trocamos os presentes da amiga oculta... falando cada característica peculiar e fazendo uma verdadeira terapia por umas horas, não faltaram boas risadas com o jeitinho próprio de cada uma... nos aceitamos com nossos limites e fazemos disso um gesto de crédito no que se chama individualidade.
Eu e mais outra recebemos o título de uma dupla sertaneja inédita: Devagar e Devagarzinho (eu)... todos riam muito, pois não é que os outros nos percebem com exatidão no nosso modo de ser?
Elas adoram uma festa, nós nem tanto...
Elas são mais extrovertidas, nós nos empenhamos para tal...
Elas são sempre muito animadas, nós temos nossos momentos de lágrimas...
Elas nem parecem da Terceira Idade, nós somos mais devagar... é o nome ideal mesmo, é verdadeiro o nosso título...
Mas, como em todo grupo, nós não nos dividimos... pelo contrário, às vezes, nos dão muita atenção e carinho e, outras vezes, somos nós que paramos para ouvir e consolar... afinal, nem todo dia é tempo de festa...
Sempre há uma que está bem disposta a ouvir e a se pronunciar de acordo...
As professoras (mãe e filha) são uma verdadeira tela... bem discretas e profundas... suas cores? Bem, em meu modo de ver, se destacam nestas amigas, o azul celeste... o verde água... o rosa... o amarelinho claro... cores fortes não combinam com a "Cris" e cores bem alegres estão de acordo com a "Nirce"... por sinal, ela sempre nos diz em tom convincente: É preciso ousar!
O curioso é que, num grupo que caminha durante um ano, as coisas vão se juntando como numa colcha de retalhos e vão ficando firmes pela união formada em conta gotas...
Que bom chegar próximo ao final de mais um ano e poder celebrar a amizade que vai se enraizando, pouco a pouco, num bonito laço e que ninguém quer deixar desprezado!

Achei hoje este lindo texto de Vinícuis de Moraes e que ele nos sirva para entrar em comunhão fraterna com todos os amigos que temos nesta vida tão breve:


 Hoje tive um dia muito denso, cheio de compromissos, porém cheio também de ternura, pois rodeada de amigas de artes plásticas, fizemos nosso encerramento do ano em curso... antes que as agendas ficassem mais cheias... mesmo ainda continuando nossos trabalhos... até o recesso para as festas que se aproximam.
É verdadeiramente incrível como Jesus nos ama e nos quer brindar com inúmeros mimos a cada dia... Dentre esses, estão os amigos.
Nossa confraternização foi permeada de carinho, gentilezas, beleza própria de quem assume o gosto pela pintura e pela arte em geral...
Fica muito difícil de colocar em palavras o que se sente no coração... Amigo a gente não raciocina, a gente sente e vive não mais.
Cada lembrancinha trocada, tão esmeradamente embrulhada, revela o caráter amistoso do grupo que se empenha em ir além do objetivo principal: pintura acrílica em tela.
Cada uma de nós foi criando redes, laços, e nos sentimos ao longo do ano envolvidas num misto de bondade e empatia tão grande que nos tornamos uma pequena "família" capaz de reconhecer os detalhes umas das outras... as particularidades... e assim nós trocamos os presentes da amiga oculta... falando cada característica peculiar e fazendo uma verdadeira terapia por umas horas, não faltaram boas risadas com o jeitinho próprio de cada uma... nos aceitamos com nossos limites e fazemos disso um gesto de crédito no que se chama individualidade.
Eu e mais outra recebemos o título de uma dupla sertaneja inédita: Devagar e Devagarzinho (eu)... todos riam muito, pois não é que os outros nos percebem com exatidão no nosso modo de ser?
Elas adoram uma festa, nós nem tanto...
Elas são mais extrovertidas, nós nos empenhamos para tal...
Elas são sempre muito animadas, nós temos nossos momentos de lágrimas...
Elas nem parecem da Terceira Idade, nós somos mais devagar... é o nome ideal mesmo, é verdadeiro o nosso título...
Mas, como em todo grupo, nós não nos dividimos... pelo contrário, às vezes, nos dão muita atenção e carinho e, outras vezes, somos nós que paramos para ouvir e consolar... afinal, nem todo dia é tempo de festa...
Sempre há uma que está bem disposta a ouvir e a se pronunciar de acordo...
As professoras (mãe e filha) são uma verdadeira tela... bem discretas e profundas... suas cores? Bem, em meu modo de ver, se destacam nestas amigas, o azul celeste... o verde água... o rosa... o amarelinho claro... cores fortes não combinam com a "Cris" e cores bem alegres estão de acordo com a "Nirce"... por sinal, ela sempre nos diz em tom convincente: É preciso ousar!
O curioso é que, num grupo que caminha durante um ano, as coisas vão se juntando como numa colcha de retalhos e vão ficando firmes pela união formada em conta gotas...
Que bom chegar próximo ao final de mais um ano e poder celebrar a amizade que vai se enraizando, pouco a pouco, num bonito laço e que ninguém quer deixar desprezado!

Achei hoje este lindo texto de Vinícius de Moraes e que ele nos sirva para entrar em comunhão fraterna com todos os amigos que temos nesta vida tão breve:

Hoje tive um dia muito denso, cheio de compromissos, porém cheio também de ternura, pois rodeada de amigas de artes plásticas, fizemos nosso encerramento do ano em curso... antes que as agendas ficassem mais cheias... mesmo ainda continuando nossos trabalhos... até o recesso para as festas que se aproximam.
É verdadeiramente incrível como Jesus nos ama e nos quer brindar com inúmeros mimos a cada dia... Dentre esses, estão os amigos.
Nossa confraternização foi permeada de carinho, gentilezas, beleza própria de quem assume o gosto pela pintura e pela arte em geral...
Fica muito difícil de colocar em palavras o que se sente no coração... Amigo a gente não raciocina, a gente sente e vive não mais.
Cada lembrancinha trocada, tão esmeradamente embrulhada, revela o caráter amistoso do grupo que se empenha em ir além do objetivo principal: pintura acrílica em tela.
Cada uma de nós foi criando redes, laços, e nos sentimos ao longo do ano envolvidas num misto de bondade e empatia tão grande que nos tornamos uma pequena "família" capaz de reconhecer os detalhes umas das outras... as particularidades... e assim nós trocamos os presentes da amiga oculta... falando cada característica peculiar e fazendo uma verdadeira terapia por umas horas, não faltaram boas risadas com o jeitinho próprio de cada uma... nos aceitamos com nossos limites e fazemos disso um gesto de crédito no que se chama individualidade.
Eu e mais outra recebemos o título de uma dupla sertaneja inédita: Devagar e Devagarzinho (eu)... todos riam muito, pois não é que os outros nos percebem com exatidão no nosso modo de ser?
Elas adoram uma festa, nós nem tanto...
Elas são mais extrovertidas, nós nos empenhamos para tal...
Elas são sempre muito animadas, nós temos nossos momentos de lágrimas...
Elas nem parecem da Terceira Idade, nós somos mais devagar... é o nome ideal mesmo, é verdadeiro o nosso título...
Mas, como em todo grupo, nós não nos dividimos... pelo contrário, às vezes, nos dão muita atenção e carinho e, outras vezes, somos nós que paramos para ouvir e consolar... afinal, nem todo dia é tempo de festa...
Sempre há uma que está bem disposta a ouvir e a se pronunciar de acordo...
As professoras (mãe e filha) são uma verdadeira tela... bem discretas e profundas... suas cores? Bem, em meu modo de ver, se destacam nestas amigas, o azul celeste... o verde água... o rosa... o amarelinho claro... cores fortes não combinam com a "Cris" e cores bem alegres estão de acordo com a "Nirce"... por sinal, ela sempre nos diz em tom convincente: É preciso ousar!
O curioso é que, num grupo que caminha durante um ano, as coisas vão se juntando como numa colcha de retalhos e vão ficando firmes pela união formada em conta gotas...
Que bom chegar próximo ao final de mais um ano e poder celebrar a amizade que vai se enraizando, pouco a pouco, num bonito laço e que ninguém quer deixar desprezado!

Achei hoje este lindo texto de Vinícuis de Moraes e que ele nos sirva para entrar em comunhão fraterna com todos os amigos que temos nesta vida tão breve:

TENHO AMIGOS QUE NÃO SABEM O QUANTO SÃO MEUS AMIGOS.
NÃO PERCEBEM O AMOR QUE LHES DEVOTO E A ABSOLUTA NECESSIDADE QUE TENHO DELES.
A AMIZADE É UM SENTIMENTO MAIS NOBRE DO QUE O AMOR, EIS QUE PERMITE QUE O OBJETO DELA SE DIVIDA EM OUTROS AFETOS, ENQUANTO QUE O AMOR TEM INTRÍNSECO O CIÚME, QUE NÃO ADMITE A RIVALIDADE.
E EU PODERIA SUPORTAR, EMBORA NÃO SEM DOR, QUE TIVESSEM MORRIDO TODOS OS MEUS AMORES, MAS ENLOUQUECERIA SE MORRESSEM TODOS OS MEUS AMIGOS!
ATÉ MESMO AQUELES QUE NÃO PERCEBEM O QUANTO SÃO MEUS AMIGOS E O QUANTO MINHA VIDA DEPENDE DE SUA EXISTÊNCIA.
A ALGUNS DELES NÃO PROCURO, BASTA-ME SABER QUE ELES EXISTEM.
ESTA MERA CONDIÇÃO ME ENCORAJA A SEGUIR EM FRENTE PELA VIDA.
MAS PORQUE NÃO OS PROCURO COM ASSIDUIDADE, NÃO POSSO LHES DIZER O QUANTO GOSTO DELES.
ELES NÃO IRIAM ACREDITAR.
MUITOS DELES ESTÃO LENDO ESTA CRÔNICA E NÃO SABEM QUE ESTÃO INCLUÍDOS NA SAGRADA RELAÇÃO DE MEUS AMIGOS.
MAS É DELICIOSO SABER QUE EU SAIBA E SINTA QUE OS ADORO EMBORA NÃO O DECLARE E NÃO OS PROCURE.
E ÀS VEZES, QUANDO OS PROCURO, NOTO QUE ELES NÃO TÊM NOÇÃO DE COMO ME SÃO NECESSÁRIOS, DE COMO SÃO INDISPENSÁVEIS AO MEU EQUILÍBRIO VITAL, PORQUE ELES FAZEM PARTE DO MUNDO QUE EU, TREMULAMENTE, CONSTRUÍ E SE TORNARAM ALICERCES DO MEU ENCANTO PELA VIDA.
SE UM DELES MORRER EU FICAREI TORTO PARA UM LADO.
SE TODOS ELES MORREREM, EU DESABO!
POR ISSO É QUE, SEM QUE ELES SAIBAM, EU REZO PELA VIDA DELES.
E ME ENVERGONHO, PORQUE ESSA MINHA PRECE É, EM SÍNTESE, DIRIGIDA AO MEU BEM-ESTAR.
ELA É TALVEZ FRUTO DO MEU EGOÍSMO.
POR VEZES, MERGULHO EM PENSAMENTOS SOBRE ALGUNS DELES.
QUANDO VIAJO E FICO DIANTE DE LUGARES MARAVILHOSOS, CAI-ME ALGUMA LÁGRIMA POR NÃO ESTAREM JUNTO DE MIM, COMPARTILHANDO DAQUELE PRAZER...
SE ALGUMA COISA ME CONSOME E ME ENVELHECE, É QUE A RODA FURIOSA DA VIDA NÃO ME PERMITE TER SEMPRE AO MEU LADO, MORANDO COMIGO, ANDANDO COMIGO, FALANDO COMIGO, E, PRINCIPALMENTE, OS QUE SÓ DESCONFIAM OU TALVEZ NUNCA VÃO SABER QUE SÃO MEUS AMIGOS!
A GENTE NÃO FAZ AMIGOS, RECONHECE-OS.

Sublinhei o que de mais bonito encontrei e o dedico a quem sabe que é meu amigo (a).
Que Deus abençoe você sempre!
Muito obrigado por sua amizade.

Um comentário:

  1. Gina escreveu:
    A pintura é uma atividade muito prazerosa. E compartilhada fica ainda mais interessante. Cria-se um círculo de pessoas que têm interesses em comum.
    Fiz um curso de jardinagem e formamos um grupo muito unido pela dedicação às plantas, pela contemplação da natureza. Continue fazendo cursos desse tipo, são muito bons. E ter amigos também.
    Bjs.

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...